A paternidade de Deus

“A paternidade de Deus é mais real do que a paternidade humana, porque nós, em última instância, é d’Ele que temos o ser; porque Ele pensou em nós e nos quis eternamente; porque Ele nos oferece a real, a eterna casa paterna. E se a paternidade terrena separa, a celeste une: céu, significa, portanto, aquela outra elevação de Deus, de onde todos nós viemos e para onde todos nós devemos ir. A paternidade ‘nos céus’ remete-nos para aquele nós maior, que ultrapassa todas as fronteiras, abate todos os muros e cria a paz.”

(Bento XVI – Jesus de Nazaré I, p. 132)

# Compartilhar: Facebook Twitter Google+ Linkedin Technorati Digg
 
Copyright © 2013 Amigos da Cruz