Mão de Cristo, Mãe de Deus?

“Por ter aceitado aceitado voluntariamente ser Mãe do Redentor, e por ter participado livremente  (e de um modo tão íntimo!) na Sua paixão, Maria é aclamada pela Igreja como corredentora do gênero humano. É este momento transcendental da aceitação de Maria e do começo da nossa salvação o que nós comemoramos sempre que recitamos o Angelus.
E não surpreende que Deus preservasse da corrupção do sepulcro o corpo do qual tomou o seu próprio. No quarto mistério glorioso do rosário, e anualmente na festa da Anunciação, celebramos o fato de o corpo d Maria, depois da morte, se ter reunido à sua alma no céu.
(….)
Às vezes vezes nossos amigos acatólicos se escandalizam daquilo que chamam a ‘excessiva’ glorificação de Maria. Não têm inconveniente algum em chamar a Maria Mãe de Cristo; mas prefeririam morrer a chamá-la Mãe de Deus. E, não obstante, a não ser que nos disponhamos a negar a divindade de Cristo (e neste caso deixaríamos de ser cristãos), não existem razões para distinguir entre ‘Mãe de Cristo’ e ‘Mãe de Deus’.
(…)
Como pode alguém afirmar que ama Jesus cristo verdadeiramente, se não ama também sua Mãe? Os que objetam que a honra dada a Maria subtrai a que é devida a Deus; os que dizem que os católicos ‘adicionam’ uma segunda mediação ‘ao único mediador entre Deus e o homem, Jesus Cristo, Deus Encarnado’, mostram que compreenderam muito pouco da verdadeira humanidade de Jesus Cristo. Porque Jesus ama a Virgem Maria não com o mero amor imparcial que Deus tem por todas as almas, não com o amor especial que Ele tem por todas as almas santas; Jesus ama Maria com o amor humano perfeito que só o Homem Perfeito pode ter por uma Mãe perfeita. Quem menospreza Maria não presta um serviço a Jesus. Muito ao contrário, quem rebaixa a honra de Maria, reduzindo-a ao nível de ‘uma boa mulher’, rebaixa a honra de Deus numa se suas mais nobres obras de amor e misericórdia.”
(Pe. Leo J. Trese – A Fé Explicada, p. 63-66)
# Compartilhar: Facebook Twitter Google+ Linkedin Technorati Digg
 
Copyright © 2013 Amigos da Cruz