Ressurexit, sicut dixit, alleluia!

 

 

Ó Morte, onde está tua vitória?

 

Aleluia!

 

Jesus ressuscitou como disse!

 

Aleluia!

As Lições da Paixão

Quero que aprendas três lições de minha paixão e morte.

A primeira é o horror ao pecado. Foi ele que trouxe a brutalidade, a selvageria, o ódio que culminaram em minha crucifixão. O pecado desencadeou o mal e a morte.

(…)

A segunda lição é que conformes tua vida com a vontade divina, mesmo sob as consequências do pecado. É vontade de meu Pai que as pessoas sejam livres. E, embora esta liberdade, pervertida pelo pecado, me tenha sido causa dos piores sofrimentos, eu os aceitei.

(…)

A terceira lição é que podes suportar todos os assaltos do pecado contra ti, se confiares plenamente em mim. Foi assim que os santos aceitaram o martírio. Tu também poderás aceitá-lo, se essa for a vontade de meu Pai.

O sofrimento é necessário para levar o espírito e o corpo à sujeição. serás escravo ou senhor de tuas paixões. Quando aceito, o sofrimento liberta.

(…)

Embora minha alma tenha mergulhado numa tristeza sem medidas, a ponto de eu pedir ao Pai que afastasse aquele cálice, contudo tive uma consolação: pensar em minha mãe, meus santos e em ti. Tu me entenderias, serias fiel, e teu amor seria maior do que o ódio dos carrascos. (…)

Isto me consolou. E sabendo que foi assim, podes continuar a decepcionar-me e a pecar, deliberadamente?

(ENZLER, Clarence J. Cristo minha vida. 34 ed. São Paulo: Paulinas, 2001.)

 
Copyright © 2013 Amigos da Cruz