Ação de Graças depois da Comunhão


Papa Bento XVI, Comunhão na boca
Eu vos dou graças, ó Senhor, Pai Santo, Deus eterno e Todo-Poderoso, porque sem mérito algum de minha parte, mas somente pela condescendência de Vossa misericórdia, Vos dignaste saciar-me, a mim pecador, Vosso indigno servo, com o sagrado Corpo e o precioso Sangue do Vosso Filho, nosso Senhor Jesus Cristo.
E peço que esta Santa Comunhão não me seja motivo de castigo, mas salutar garantia de perdão. Seja para mim armadura de fé, escudo de boa vontade, e libertação dos meus vícios.Extinga em mim a concupiscência e os maus desejos, aumente a caridade e a paciência, a humildade e a obediência, e todas as virtudes.
Defenda-me eficazmente contra as ciladas dos inimigos, tanto visíveis como invisíveis. Pacifique inteiramente todas as minhas paixões, unindo-me firmemente a Vós, Deus Uno e Verdadeiro, feliz consumação de meu destino.
E peço que Vos digneis conduzir-me, a mim, pecador, àquele inefável convívio em que Vós com o Vosso Filho e o Espírito Santo, sois para os Vossos Santos a luz verdadeira, a plena saciedade e a eterna alegria, a ventura completa e a felicidade perfeita.
Por Cristo, Nosso Senhor.
Amém.
(São Tomás de Aquino)
# Compartilhar: Facebook Twitter Google+ Linkedin Technorati Digg
 
Copyright © 2013 Amigos da Cruz